Lhama Giovanni é levada pela primeira vez à praia e rouba a cena; VÍDEO

  • 10/07/2024
(Foto: Reprodução)
Animal de cinco meses nasceu em um sítio está sendo domesticado. Ele foi visto com o tutor passeando de coleira pela orla da praia de Bertioga (SP). Lhama passeando com coleira vira atração na orla do litoral de SP Uma lhama roubou a cena na orla de Bertioga (SP). Giovanni, como é chamado o animal, tem cinco meses e estava com o tutor e empresário Luis Abrão, de 47 anos, que é morador da cidade. Imagens obtidas pelo g1, nesta quinta-feira (10), mostram o filhote na praia, de coleira, interagindo com a população (assista o vídeo acima). ✅ Clique aqui para seguir o novo canal do g1 Santos no WhatsApp. De acordo com Abrão, Giovanni nasceu no sítio dele em Mogi das Cruzes (SP), onde cria mais três fêmeas e outro macho, que já são adultos e não domesticados, diferentemente do filhote. "[Quero que] tenha convívio com crianças e adultos para tornar ele [lhama Giovanni] mais dócil e que quem nunca viu tenha a oportunidade de conhecer", disse. De acordo com Arão, essa foi a primeira vez que a lhama saiu do sítio para passear em Bertioga, mas pretende fazer isso mais vezes. "Minha intenção é levar em escolas, Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) e eventos onde tenha crianças". Lhama é levada para passear na orla de Bertioga (SP) e desperta a atenção de quem passa pelo local Gustavo Dutra Ele contou que pretende fazer uma mini fazendinha para que as pessoas visitem e interajam com o animal. "Muitas crianças, jovens e adultos ficam encantados ao ver ela [lhama] passeando, principalmente pelo comportamento dócil que tem com as pessoas. [O Giovanni] beija e coloca o rosto colado". A inspiração para levar a lhama à praia surgiu por meio de uma amiga, que tem uma alpaca macho e mora no bairro Boraceia, em Bertioga. No sítio, ele também tem mini cabritos e cabras, mini pig [porco], carneiros, ovelhas, búfalo albino, cisne negro, gansos, marrecos, avestruz, entre outros animais. Leia também: Porca comprada 'por engano' ultrapassa os 300 kg e surpreende: 'é desaforada' Porca Adalgysa é treinada para fazer pet terapia com crianças em escolas e hospitais: 'ela é única' Empresária recupera a jumenta Paola Oliveira e se emociona Cuidados com a lhama 🦙 🚿 Banho a cada 30 dias 🪮 Escovação diária 🧹 Limpeza do espaço onde dorme 🚰 Limpeza diária dos cochos [facilita o acesso dos animais à comida] e troca de água O empresário aconselha adquirir uma lhama diretamente com um criador para ter a certeza de que o animal é saudável e de criação responsável. O animal, segundo ele, come ração para cabrito ou cavalo, capim e pasto. Os filhotes comem aproximadamente 600 gramas por dia e os adultos 1,2 kg. De acordo com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), lhamas são animais domésticos no Brasil, por isso, dispensam autorização para criação ou comercialização. Empresário de Bertioga (SP) resolve domesticar lhama e levá-la para passear na orla para animal ter contato com as pessoas Luis Abrão Lhama O biólogo Ricardo Samelo disse que a lhama é típica da América do Sul. "Estima-se que a sua domesticação ocorreu há cerca de 4.500 anos pelos povos pré-colombianos, derivando de guanacos e vicunhas, que vivem em locais frios e inóspitos, geralmente associados a região dos Andes". A ancestralidade e rusticidade da lhama, de acordo com o biólogo, fazem com que o animal seja resistente e adaptável, vivendo bem no clima do Brasil. "Devemos lembrar que é um animal grande, que necessita de espaço e cuidados que se assemelham a animais de grande porte, como cavalos". De acordo com Samelo, o ideal é criar a lhama em chácaras, sítios ou fazendas. "O manejo e alimentação costumam ser fáceis, pois se trata de um animal bem rústico. Elas pastam como vacas e comem capim, feno, silagem, legumes e rações apropriadas para a espécie". O biólogo disse, ainda, que cuidados veterinários são necessários às lhamas, assim como para qualquer espécie criada em cativeiro. "As lhamas se assemelham as alpacas, mas algumas diferenças são notadas, como o porte, a pelagem e até o tamanho das orelhas". As alpacas, de acordo com Samelo, são menores que as lhamas, com pelagem mais longa e mais macia, além de terem as orelhas mais curtas. "Diferentes das orelhas da lhama que são mais compridas e levemente curvadas na ponta". Empresário de Bertioga (SP) resolve domesticar lhama e levá-la para passear na orla para animal ter contato com as pessoas Reprodução VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos

FONTE: https://g1.globo.com/sp/santos-regiao/noticia/2024/07/10/lhama-giovanni-e-levada-pela-primeira-vez-a-praia-e-rouba-a-cena-video.ghtml


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

No momento todos os nossos apresentadores estão offline, tente novamente mais tarde, obrigado!

Anunciantes